7 dicas para melhorar sua estratégia de comércio eletrônico

A internet está mudando a maneira como as pessoas compram coisas novas. Os dias das lojas de tijolo e argamassa parecem quase uma coisa do passado. Hoje em dia, as pessoas podem comprar qualquer coisa online, desde compras a tratamentos médicos. Com tantas empresas surgindo em toda a Internet, é mais difícil do que nunca começar com seu site de comércio eletrônico.


Quer você esteja transformando seu blog em um site de comércio eletrônico ou começando do zero, precisa ser visto. Há muito barulho na internet. O usuário médio da Internet vê tantas novidades apenas navegando pelo Facebook. Como você é notado com tanta concorrência? Essas 7 dicas para melhorar sua estratégia de comércio eletrônico explicarão como fazer com que seu site seja visto pelo público certo.

Opções de aprimoramento da estratégia de comércio eletrônico

1. Conheça o seu público

Se você não sabe com quem está falando, como saberá se alguém está ouvindo? A primeira chave para melhorar sua estratégia de comércio eletrônico significa conhecer seu público. Não basta ter uma idéia aproximada da idade e dos interesses do seu público. Se você quer uma compreensão real do seu público, precisa conhecê-lo em um nível íntimo.

Aprofundar ao pensar sobre o seu público ideal. Imagine seu cliente ideal como uma única pessoa em vez de um grupo. Quem é ele ou ela? Onde ele ou ela compra? Quais são os seus hábitos? Divida os diferentes aspectos da vida, histórico e hábitos de compra do seu cliente ideal. Depois de entender seu cliente ideal nesse nível, você pode criar uma estratégia projetada apenas para eles.

2. Usabilidade de Teste

Seu site de comércio eletrônico precisa ser capaz de competir com outros sites de grande nome. O que impede as pessoas de escolher uma marca como a Amazon em detrimento da sua? Você precisa de um site fácil de usar para compradores comuns. Ao testar a usabilidade, você não pode pensar no proprietário de um site, mas em um comprador. O que seu cliente ideal procuraria? Quais informações eles querem saber? Tudo aparece corretamente em diferentes tamanhos de tela? E os dispositivos móveis?

Adquira o hábito de testar a usabilidade regularmente. O blog de marketing Kissmetrics viu que quase metade dos usuários de dispositivos móveis espera que os sites sejam carregados em dois segundos ou menos! Se seu site não estiver funcionando rapidamente, você perderá usuários. O mesmo vale para links ou páginas quebrados. Se algo não estiver funcionando corretamente, os usuários não permanecerão até que seja corrigido.

3. Pagamentos fáceis

As pessoas tomam decisões emocionais de compra. Eles agem rapidamente e podem comprar coisas antes que a lógica os alcance. Esta é uma boa notícia para as empresas de comércio eletrônico que podem acelerar o processo de checkout. Se um cliente não conseguir pagar rapidamente pelo carrinho, ele poderá perder o interesse. Para facilitar ao máximo que os clientes repassem as informações do cartão de crédito com segurança, ofereça uma variedade de opções de pagamento. Para obter mais ajuda, leia este guia ExpertSure para configurar contas de comerciante.

4. Incorporar Revisões

As pessoas confiam em outras pessoas. Uma ótima maneira de melhorar seu site de comércio eletrônico é facilitar a leitura e a publicação de comentários sobre produtos e sua empresa. A maioria das pessoas confia facilmente na compra da Amazon simplesmente porque muitas outras pessoas usam a Amazon. Como as pessoas estão comprando coisas on-line que não podem ver fisicamente pessoalmente, você precisa ajudá-las a se sentirem seguras em suas escolhas. Nada afasta as pessoas de um site de comércio eletrônico mais rapidamente do que a falta de comentários!

Além de facilitar a leitura dos comentários, os clientes devem incentivá-los a deixar comentários após uma compra. Você pode fazer isso pelas mídias sociais ou por e-mails de acompanhamento. Se você aceitar avaliações, esteja disposto a fazer o possível para corrigir situações negativas. E-mails negativos podem prejudicar sua reputação como empresa, por isso, faça o melhor para ter interações positivas com os clientes.

5. Atendimento ao Cliente

Embora a internet deva conectar pessoas, parece que há mais paredes do que nunca. Os sites de comércio eletrônico às vezes são lidos como robóticos, e é por isso que os empresários precisam se concentrar em sua própria humanidade. O atendimento ao cliente é uma maneira de romper esse molde robótico e mostrar que existe um ser humano na vida real por trás do site.

O atendimento ao cliente pode fazer a diferença entre uma compra ou uma perda. Quando as pessoas se sentem ouvidas, é mais provável que recomendem uma empresa. Zendesk, uma das principais plataformas de atendimento ao cliente, afirma que 85% das pessoas estão dispostas a pagar mais por uma ótima experiência de atendimento ao cliente. Isso é motivo suficiente para torná-lo uma prioridade!

6. Mídia social

Não basta apenas ter seu site de comércio eletrônico. Se você quer ser competitivo hoje em dia, precisa estar ativo nas mídias sociais. As mídias sociais oferecem outra chance de interagir com os clientes e criar relacionamentos. Ao postar nas mídias sociais, tente manter o tom de conversa e útil. Evite soar como um vendedor. Ninguém gosta de sentir que alguém está recitando um discurso para eles. Mantenha o foco no usuário, não nos produtos.

7. Ouça os comentários

Finalmente, o feedback do cliente é uma das ferramentas mais valiosas para sites de comércio eletrônico. Os problemas comuns enfrentados pelos sites de comércio eletrônico são carrinhos abandonados, baixas taxas de conversão e falhas técnicas. Você pode nem estar ciente de um problema até perguntar sobre ele. Clientheartbeat.com compartilha maneiras fáceis de realmente medir a satisfação do cliente. Incentive os usuários a dar feedback se não conseguirem comprar ou mesmo depois de uma compra. Eles são realmente sua melhor fonte de informações sobre o que funciona e o que não funciona!

Conclusão

Em alguns anos, os sites de comércio eletrônico provavelmente serão o novo normal no que diz respeito às compras. Mais e mais empresários estão pulando nessa tendência enquanto está quente. Com o surgimento de sites de comércio eletrônico em 2018, surge mais concorrência. Felizmente, a estratégia certa irá mantê-lo em pé longe da multidão. A coisa mais importante a lembrar é que não se trata da sua empresa, mas do cliente. Você está pronto para levar seu negócio de comércio eletrônico para o próximo nível? Comece hoje mesmo com as 7 dicas acima!

Jeffrey Wilson Administrator
Sorry! The Author has not filled his profile.
follow me
    Like this post? Please share to your friends:
    Adblock
    detector
    map