6 maneiras de aumentar sua audiência de comércio eletrônico e começar a ganhar dinheiro online

À medida que o número de empresas que montam uma loja on-line continua a aumentar, a empresa de pesquisa de mercado Forrester estima que 17% de todas as vendas no varejo serão geradas através do comércio eletrônico até 2022. Os compradores estão cada vez mais fazendo transações on-line, e serviços como Shopify, Wix e outros tornam possível configurar uma loja de maneira rápida e fácil. Se você ainda não colocou sua empresa on-line, é provável que esteja pensando nela.


Colocar seu inventário on-line não é suficiente para tornar seu negócio on-line bem-sucedido. Além de tornar seus produtos atraentes, seu site precisa ser atraente, seguro e fácil de navegar.

Dicas para aumentar o público-alvo do comércio eletrônico src=

Ter um site de alta qualidade que ofereça aos visitantes uma experiência agradável de compras on-line é fundamental para realizar vendas por meio do comércio eletrônico – é semelhante à criação de um ambiente de lojas físicas que faz as pessoas quererem continuar comprando. Veja estas seis dicas para converter visitantes em compradores e otimizar sua loja on-line para obter o melhor retorno do investimento.

1.  Verifique se você tem uma base sólida de comércio eletrônico

O primeiro passo para configurar uma loja online é investir em uma plataforma de comércio eletrônico que facilitará a localização e a compra de seus produtos pelos clientes. O Shopify é um dos nomes mais reconhecidos no setor, mas existem muitas outras plataformas de comércio eletrônico que oferecem serviços comparáveis. Considere estas qualidades ao investigar em qual software você deseja confiar nos seus negócios online:

  • Hospedagem confiável: Dependendo da plataforma escolhida, as lojas de comércio eletrônico vêm em pacotes totalmente hospedados e auto-hospedados. Totalmente hospedado significa que a empresa cuidará de todos os aspectos técnicos do seu site, mas geralmente é mais caro; os planos auto-hospedados oferecem controle total, mas exigem mais paciência e vontade de aprender a gerenciar uma conta de hospedagem.
  • Design personalizável: Há mais de uma maneira de apresentar seu inventário em sua loja online. Você pode imaginar um design simples e elegante, com imagens grandes e texto mínimo, ou talvez queira que pareça mais um catálogo impresso. Confira as opções de design na plataforma, incluindo temas gratuitos e pagos, para ver se ela pode acomodar sua visão.
  • Segurança: Como comerciante on-line, é sua responsabilidade estar em conformidade com as Padrões de segurança de dados PCI para manter os dados do cliente e da transação seguros. Segurança de alto nível é uma obrigação. Procure plataformas que ofereçam certificados SSL – que permitem que um navegador processe transações com segurança – bem como medidas de segurança adicionais, como monitoramento de servidor, verificações de malware e proteção contra fraudes.
  • Suporte e documentação: Especialmente se você é novo no eCommerce, surgem perguntas sobre como fazer certas coisas na plataforma. Você quer ter certeza de que há documentação clara e completa disponível, além de suporte ao cliente que pode orientá-lo nos aspectos mais desafiadores do gerenciamento da loja online.
  • Quarto para o crescimento: Uma loja online pode começar pequena, mas, como em qualquer empresa, a esperança é que ela cresça com o tempo. É importante selecionar uma plataforma que ofereça opções para aumentar ou diminuir conforme necessário e adicionar novos recursos e conteúdo sem limitações.

Se você optar por começar do zero com hospedagem na web e uma plataforma de comércio eletrônico on-line ou optar por um sistema totalmente hospedado, muitos atributos de lojas de sucesso permanecem os mesmos. Certifique-se de fazer sua pesquisa para ver qual caminho faz mais sentido para sua loja e seu orçamento.

2.  Escolha um host forte que enfatize velocidade e confiabilidade

O host que você escolher pode determinar muitas coisas no seu site que afetam a experiência do cliente, desde o tempo de carregamento das suas páginas até a segurança das transações. Nem todos os planos de hospedagem na web são feitos para oferecer suporte a pequenas empresas ou comércio eletrônico, portanto, procure essas qualidades ao comprar um host:

  • Rapidez: Sites mais rápidos conquistam e mantêm mais clientes – é simples assim. Um host da Web consistentemente rápido é o melhor para empresas e posicionamento nos resultados dos mecanismos de pesquisa. Analise os planos fornecidos com as unidades de estado sólido, que geralmente apresentam velocidades até 20 vezes mais rápidas que as unidades de disco rígido tradicionais.
  • Confiabilidade: Para sites de comércio eletrônico, quanto menos tempo o site estiver inativo devido a erros do servidor, melhor. Encontre um host da web que garanta um tempo de atividade de 99,9% ou mais para garantir que os clientes sempre possam acessar seu site e fazer compras.
  • Apoio, suporte: Idealmente, um host da web para uma pequena empresa oferecerá suporte 24 horas por dia, 7 dias por semana, através de vários canais, para ajudá-lo a enfrentar vários desafios. Sempre que houver um problema, verifique se você pode confiar no seu host para atender prontamente sua ligação, bate-papo ou e-mail – não importa o tempo.
  • Armazenamento: Mesmo para uma empresa de pequeno ou médio porte, limitar a quantidade de armazenamento (todo o material que entra no seu site, de arquivos de texto a vídeos) pode impedir sua empresa. Dispositivos de armazenamento rápidos e significativos darão a você a capacidade de desenvolver seus negócios sem se opor às limitações de desempenho.
  • Acessibilidade: Ao iniciar um novo negócio, minimizar seus custos é fundamental para gerar uma receita e uma receita confiável. Os empresários devem ter cuidado, no entanto, para ignorar as opções de barganha de um pacote de hospedagem que oferece mais retorno financeiro – não sacrifique recursos, desempenho ou segurança em nome da economia de alguns dólares por mês.

Os melhores construtores de hospedagem e site de comércio eletrônico combine o melhor dos dois mundos, oferecendo aos usuários hospedagem de alto desempenho com modelos fáceis de usar e interfaces de arrastar e soltar que tornam a criação de sites indolor.

3.  Encontre um design amigável ao usuário que maximize as conversões

Os visitantes de um negócio on-line esperam que tudo seja claro e direto, de onde encontrar produtos e como entrar em contato com a loja. Botões claramente identificados, títulos destacados e navegação intuitiva contribuem para uma experiência de compra tranquila. Muitos sites de comércio eletrônico ainda perdem essa marca, mas o seu não precisa ser um deles.

Existem muitas lojas on-line e você pode esperar que as pessoas que visitam seu site já tenham visitado várias outras. Isso significa que eles já têm uma idéia de como é uma boa experiência de compra on-line. Especialistas em design de experiência do usuário identificaram essas características como algumas das mais importantes para os usuários:

  • Botões de apelo à ação: Se você deseja que um cliente compre um produto ou se inscreva no boletim, o link ou botão deve estar claramente visível, geralmente na parte superior da página. Use uma cor que se destaque para chamar sua atenção. Uma vez clicado, o processo de pagamento resultante ou o formulário de registro não devem sobrecarregar o usuário; em vez disso, basta fornecer ou solicitar informações básicas.
  • Barra de pesquisa: Os usuários não precisam procurar uma barra de pesquisa. A funcionalidade extremamente importante deve ser altamente visível e capaz de direcionar rapidamente os compradores para exatamente o produto ou a página que eles estão procurando. Idealmente, encontre uma solução que complete automaticamente as consultas dos usuários para otimizar ainda mais sua experiência.
  • Menu e Navegação: Torne a sua navegação fácil de entender com títulos claros. Você deseja equilibrar simplicidade e eficácia para não sobrecarregar os clientes ou deixá-los perdidos. Crie categorias e subcategorias que façam sentido para os clientes, mesmo que sejam diferentes de como você organiza seus produtos internamente. Inclua trilhas de navegação para que os usuários possam lembrar o caminho que seguiram.

Concentre-se nas experiências e na funcionalidade do usuário, em vez de se atolar em vários modelos de lojas online. Claro, você precisará considerar esquemas de cores como eles se relacionam à sua marca e à reação, vários tons subconscientemente surgem eventualmente, mas recomendamos cuidar primeiro das porcas e parafusos.

4.  Escreva conteúdo claro e envolvente

Uma loja de comércio eletrônico deve ser mais do que apenas um espaço para vender seus produtos: é um espaço on-line para ter uma conversa contínua com sua base de clientes sobre sua marca. O conteúdo do seu site – seja um blog ou descrições de produtos ou avaliações de clientes – desempenha um papel importante no que os compradores pensam sobre sua empresa. Faça um esforço conjunto para entender quem são seus clientes e o que os motiva a comprar, para que você possa adaptar seu conteúdo aos interesses deles..

O marketing de conteúdo é uma das maneiras mais eficazes de envolver os clientes e atraí-los para o seu negócio. Embora seja importante atualizar continuamente seu blog e mídias sociais, a regra da qualidade sobre a quantidade se aplica aqui. Não basta publicar centenas de palavras para preencher o espaço. Garanta que seus conselhos, notícias ou entretenimento sejam valiosos para os clientes e apoiem seus objetivos e seus resultados. Um blog é uma ótima maneira de promover seus negócios e obter feedback dos clientes (além disso, ajuda nas classificações dos mecanismos de pesquisa – mais sobre isso mais tarde).

Ao selecionar uma plataforma de comércio eletrônico, verifique se ele possui um sistema confiável de gerenciamento de conteúdo que permite atualizar e adicionar conteúdo facilmente. Ter as ferramentas para colocar texto, imagens e até vídeos permitirá que você mantenha as pessoas interessadas no que você está oferecendo.

5.  Atraia mais compradores com forte pesquisa de palavras-chave

A capacidade de descobrir sua loja on-line na Web depende em grande parte de quão visível é nos resultados de pesquisa. Quase 40% do tráfego de comércio eletrônico é proveniente de mecanismos de pesquisa, tornando o Google, Bing, Yahoo e outros itens de extrema importância para o sucesso de seus negócios.

A arte da otimização de mecanismos de pesquisa, ou SEO, combina táticas para criar conteúdo que serve para como as pessoas pesquisariam seus produtos, serviços e negócios online. A componente essencial do SEO é a pesquisa de palavras-chave, que envolve descobrir as melhores palavras e frases para descrever seus produtos e negócios. Por coincidência, essas palavras-chave corresponderiam ao que as pessoas provavelmente usam uma pesquisa no Google para encontrar você. Essas palavras e frases podem ser usadas em qualquer conteúdo do seu site, desde as descrições de seus produtos até as postagens do seu blog..

O bom uso de palavras-chave de SEO envolve fazer uma lista inicial de palavras e frases para direcionar seus esforços. Ferramentas online gratuitas, como Google Analytics e MozBar, pode ajudar a acompanhar seu progresso. Não tenha medo de ser específico em sua pesquisa – palavras-chave de cauda longa, que contêm pelo menos três palavras, constituem a maior parte das pesquisas e têm maior probabilidade de conversão.

6.  Explore fluxos de receita complementares

Embora a principal maneira pela qual você espera ganhar dinheiro seja com a venda de seus produtos, não desconte outras formas de lucrar com seu site. É possível gerar outras receitas para dar um impulso inicial à sua empresa on-line e suplementar sua receita depois que você a conseguir..

Em seguida, no comércio eletrônico, a publicidade é uma das maneiras mais comuns de ganhar dinheiro online. A colocação de anúncios de produtos relacionados em seu site trará algum dinheiro extra e poderá ajudar seus clientes a encontrar os produtos de que gostam. Da mesma forma, considere usar seu talento no blog e no marketing de conteúdo para aceitar postagens de convidados patrocinados – ou aumentar sua rede contribuindo com artigos para outras lojas.

Além das vendas diretas, duas das melhores estratégias para aumentar a receita da sua loja envolvem a colocação de conteúdo de valor agregado ou serviços de assinatura em seu site, que fornecem aos clientes informações adicionais relacionadas ao estilo de vida ou cultura em torno de seus produtos.

Considere oferecer conteúdo premium por um preço razoável, além do conteúdo gratuito do seu blog, seja por meio de download digital ou registros. Outro modelo que vale a pena explorar é oferecer um serviço de assinatura que entrega seus produtos aos clientes regularmente – itens específicos que eles selecionam ou uma seleção de itens selecionados para eles..

Ganhar dinheiro online nunca foi tão fácil com todas as ferramentas disponíveis hoje. Requer dedicação e persistência, com trabalho constante para atrair tráfego para o seu site e conquistar seguidores. Ao aplicar as seis estratégias detalhadas acima, no entanto, você pode se preparar para o sucesso.

>

Jeffrey Wilson Administrator
Sorry! The Author has not filled his profile.
follow me
    Like this post? Please share to your friends:
    Adblock
    detector
    map