Como iniciar uma loja online

Você já pensou em começar sua própria loja online? As vendas on-line são projetadas para atingir 1,5 trilhão de dólares até 2018. O que retém muitas pessoas, no entanto, é a incerteza sobre como configurar e manter um mercado online.


A criação de uma loja online é mais barata e mais fácil do que você imagina. Se você tem um produto que deseja vender, uma loja on-line é uma ótima maneira de testar a venda desse e de outros itens para ver qual é a demanda..

Embora você possa vender itens em sites como Amazon, Ebay e Etsy, a criação de sua própria loja on-line permite que você tenha controle completo sobre a marca e aproveite o tráfego ao longo do tempo, em vez de correr o risco de perder clientes regulares para os concorrentes também nesses sites..

Para configurar e executar uma loja online de sucesso, há algumas coisas que você deve considerar primeiro.

Introdução à Loja Online

Contents

ENCONTRANDO UM PRODUTO RENTÁVEL

Como é provável que seu objetivo seja ganhar dinheiro, você deve primeiro encontrar um produto que seja lucrativo para você vender. Isso significa que você deve escolher produtos com demanda e com uma margem de lucro razoável entre o preço que você pode comprar / fabricar e o preço que o mercado suportará.

Escolhendo um nicho para sua loja on-line

Uma das decisões mais difíceis que você enfrentará é o nicho que deseja para sua loja online. É importante escolher um nicho estreito o suficiente para ajudar você a comercializar sua marca, mas amplo o suficiente para permitir a expansão para acessórios / produtos adicionais.

Selecionando um segmento de produto relacionado à paixão ou interesse que você possui

Se você odeia cozinhar, vender acessórios de cozinha provavelmente não é a melhor opção para sua loja online. Por outro lado, se você gosta de cozinhar, vender os melhores tachos e panelas do mercado oferece um excelente ponto de partida para você se expandir para utensílios de cozinha e até temperos e temperos.

Escolhendo um nicho onde você pode agregar valor

Um dos principais componentes para descobrir um nicho para sua loja on-line é escolher um onde você possa agregar valor. Como Andrew Youderian declara em seu artigo sobre o comércio eletrônico Fuel, se você tentar competir com a Amazon em preços, sairá do mercado.

Em vez disso, verifique se você tem algo mais valioso do que a Amazon para oferecer ao cliente. A solução? Responda às perguntas do cliente e eduque-o com excelente conteúdo. Você deve primeiro entender o problema que o seu cliente enfrenta, oferecer uma maneira de resolvê-lo e os pedidos seguirão.

Escolhendo um nicho de mercado que tenha espaço para crescer

Não se concentre apenas em um ou dois itens caros que proporcionam um alto retorno sobre os lucros. Isso é ótimo quando o novo cliente visita seu site, mas como você vai comercializar para sua base de clientes atual?

Procure um mercado que possua acessórios e complementos que você possa criar para obter essas vendas subsequentes. Um exemplo seria o equipamento fotográfico. A compra inicial de uma câmera DSLR de ponta é grande e trará grandes lucros se você vender uma. No entanto, você pode aumentar ainda mais suas vendas on-line oferecendo acessórios para câmera. Você pode vender lentes, acessórios para flash, correias, bolsas, tripés etc..

Segmentando o tipo certo de clientes

É importante que você descubra o principal tipo de cliente que deseja segmentar. Essas são as pessoas que você pode agregar valor à vida delas. Um exemplo seria um hobby de carros modelo. Ele pode estar disposto a gastar dinheiro na organização de suas peças de carro modelo, em uma excelente pintura nova, ou mesmo em livros e informações para ajudá-lo a melhorar seu hobby. A chave é encontrar uma base de clientes apaixonada pelo nicho.

Os clientes podem incluir:

  • Hobbyists
  • Proprietários de empresas
  • Profissionais

Você também deve considerar todos os aspectos dessa base de clientes, como sexo, renda disponível e idade. Eles têm dinheiro extra suficiente para investir no que você vende em sua loja online?

Encontrar os produtos certos para vender

Depois de diminuir sua paixão, você precisa discernir quais produtos vender. Andrew Youderian sugere procurar um produto que permita agregar valor. O que se quer dizer com isso é simplesmente que é algo que as pessoas precisam e as ajudará de alguma forma ou melhorarão suas vidas de alguma forma.

Na semana de trabalho de 4 horas de Tim Ferriss, ele recomenda escolher um produto com um preço entre US $ 100 e US $ 200. A razão pela qual esse é um intervalo ideal é que ele é grande o suficiente para que as margens estejam corretas, mas para você ainda fornecer valor.

Você também precisa considerar o fato de vender mais itens na faixa de preço acima mencionada. Quanto maior o preço de um item, menor a taxa de conversão. A maioria das pessoas está disposta a gastar entre US $ 100 e US $ 150 on-line. Além disso, Youderian ressalta que itens com preços mais altos, como utensílios de cozinha de US $ 1.000, geralmente têm uma margem de lucro menor.

Portanto, você pode ganhar US $ 30 no gadget de US $ 100, mas apenas US $ 100 no dispositivo de US $ 1000. Isso significa que o item de US $ 100 oferece uma margem de lucro de 30% e você venderá mais deles, mas o appliance de US $ 1000 oferece apenas 10% de lucro e você venderá menos.

Também é importante tentar encontrar um produto que todo mundo já não esteja vendendo. Procure produtos exclusivos que ninguém mais oferece e você estará no mercado, pelo menos por um tempo. Uma maneira de descobrir produtos para vender é participar de feiras em sua área de nicho.

Avaliando a demanda do mercado por seus produtos

Antes de tomar uma decisão final sobre os produtos que você deseja vender, faça uma pesquisa completa por concorrentes on-line. Quem está vendendo produtos iguais ou similares? Você pode competir efetivamente com essa empresa? Se eles são um nome facilmente reconhecível e têm uma classificação superior nos mecanismos de pesquisa, fazer com que sua loja online seja notada pode ser um desafio real.

Avaliando a demanda do produto

Reserve um tempo para validar se há uma quantidade razoável de demanda de mercado para o produto que você deseja vender.

Se você estiver tentando decidir entre vários produtos, execute as seguintes tarefas:

  • Teste o nome do produto quanto ao interesse da palavra-chave. Quais produtos recebem mais pesquisas? Muitas pesquisas por um nome de produto podem indicar muito interesse.
  • Verifique os sites de mídia social para ver se há postagens no produto e quantas vezes essas postagens são curtidas e compartilhadas.
  • Confira o Google Trends e veja se o tópico está subindo ou descendo ou se mantendo estável.

Validando a demanda geográfica

Agora que você analisou as tendências e a saturação das palavras-chave e sabe que as pessoas estão realmente procurando o produto que deseja oferecer, vá um pouco mais fundo e descubra quem exatamente são essas pessoas. Ocasionalmente, um produto será mais popular em uma área geográfica do que em outra. Por exemplo, se você estiver vendendo um raspador de para-brisa, ele venderá melhor quando o inverno for uma estação prolongada.

É importante garantir que a maior demanda por seu produto esteja em uma área para a qual você possa enviar facilmente. Se o custo de envio for muito proibitivo, isso pode prejudicar suas vendas.

Você pode usar as tendências do Google para descobrir quais países estão pesquisando as palavras-chave relacionadas ao seu produto e quais cidades têm o maior número de pesquisas (isso pode ajudar nas informações de envio).

Validando mídias sociais

Você também deve verificar a validação de mídia social para ver quanta tração seu produto pode chegar lá. Você deseja analisar o interesse do mercado e do produto em várias plataformas de mídia social para descobrir não apenas a popularidade do tópico, mas também se há pessoas compartilhando informações sobre seu produto.

Você pode usar sites como o Topsy para descobrir quantos tweets existem por dia. Por exemplo, digamos que você venderá um tipo específico de lente de câmera voltada para fotógrafos da vida selvagem. Você pode procurar por termos como “câmera”, “animais selvagens” e “ao ar livre” para ver o que é tendência.

Avaliando potenciais concorrentes

Comece classificando os diferentes tipos de concorrência que você enfrentará ao vender este produto. Vamos voltar ao exemplo das lentes especiais da câmera. Você também competirá com pessoas que vendem lentes para outros tipos de fotografia, outros hobbies em alguns casos e assim por diante..

Quantos concorrentes estão online? O mercado está tão cheio que é difícil se destacar da multidão? Existem tantos clientes por aí, por isso, se a disponibilidade superar a demanda do mercado, é provável que você não seja bem-sucedido.

É aqui que esses produtos exclusivos entram em cena. O que você pode oferecer que mais ninguém oferece online? Como você pode oferecer de uma maneira que agregue valor?

Encontrando as fontes de produtos para vender

Depois de decidir quais produtos você deseja vender em sua loja on-line, você precisa configurar a melhor maneira de comprar esses produtos. Você tem algumas opções.

  • Dropshippers: Com esse método, você espera até que um cliente faça o pedido do produto e faça seu pedido com o atacadista que enviará o item diretamente para o cliente..
  • Grossistas a granel: Algumas empresas atacadistas exigem pedidos enormes para oferecer uma pausa de preço decente no produto. No entanto, alguns atacadistas oferecem opções em massa leves para que você possa comprar uma quantidade menor de um produto (por exemplo, um único caso) e revendê-lo com lucro.

Uma coisa a ter em mente com os remetentes suspensos e os atacadistas de granéis leves é que eles não devem ter suas próprias lojas on-line criadas ou você será forçado a competir com os preços mais baixos que eles podem oferecer vendendo diretamente. Sua melhor aposta é experimentar o fabricante do produto primeiro. Eles largam o navio? Eles vão vender a granel leve? Depois de encontrar o fabricante de um produto que você gosta que fará uma ou ambas as coisas, você estará no caminho para encontrar os produtos que precisa vender em sua loja online.

PLANEJANDO UM NEGÓCIO ECOMERVADOR

Comece a planejar seus negócios de comércio eletrônico

Embora seja tentador pular de pernas primeiro, porque é “apenas” uma loja on-line, se você quiser ter sucesso na verdade, precisará fazer um plano para o seu negócio de comércio eletrônico. Quando você percebe que “US $ 4 trilhões em mercadorias foram abandonados em carrinhos de compras on-line em 2014” é fácil ver por que você precisa entrar em um plano de ação.

Escrevendo seu plano de negócios de comércio eletrônico

NOLO O site jurídico explica que ter um plano de negócios é importante porque é a pedra angular de um edifício. Isso pode ajudar sua empresa a ser estruturalmente sólida. A Small Business Administration (SBA) oferece uma assistente de plano de negócios para ajudá-lo a escrever rapidamente seu próprio plano de negócios.

Criando estratégia de marketing de comércio eletrônico

Promover sua loja on-line é um pouco diferente de promover uma loja física. Você deve ter uma estratégia sólida de marketing de comércio eletrônico antes da sua grande inauguração. Você precisará tomar algumas decisões fundamentais, como:

  • Quem é o seu público-alvo alvo?
  • Em quais plataformas de mídia social você deseja ter uma melhor presença e como atingir essa meta demográfica lá?
  • Qual é o seu orçamento de publicidade e qual o melhor local para usá-lo para direcionar os clientes ao seu site?
  • Como você converterá visitantes do site em clientes?

Uma regra prática nos negócios é que é muito mais fácil vender 20% a mais para seus clientes atuais do que alcançar um novo cliente. Portanto, pense em necessidades adicionais para atender à medida que sua empresa cresce e você ganha uma base de clientes fiéis.

Pesquisando sua concorrência potencial

Se você quer ser a loja on-line preferida das pessoas, precisa ter uma compreensão firme não apenas de quem é a concorrência, mas do que ela faz. Você deve usar ferramentas como:

  • SEOBook – Compare como seus concorrentes nomeiam suas páginas, quais meta informações são usadas e frases semelhantes.
  • Google AdWords – Use essa ferramenta para ver quanto tráfego determinadas palavras-chave recebem. Embora as palavras-chave sejam apenas parte da equação, essas informações podem ajudá-lo a decidir que tipo de produtos ou conteúdo você deseja adicionar ao seu site para atrair visitantes..
  • SpyFu – Este é um serviço pago, mas as informações que você obtém são preciosas. Você pode ver facilmente o Google AdWords que sua concorrência está usando. Você pode até ver quais foram bem sucedidos e quais não foram. Essa é basicamente uma maneira de aprender com o que seus concorrentes estão fazendo certo e com o que não está funcionando para eles.

Além de usar ferramentas, reserve um tempo para estudar como os sites dos concorrentes são organizados, qual conteúdo eles têm e quaisquer recursos especiais que eles oferecem aos visitantes, como boletins ou cupons..

Identificando seus clientes-alvo

Um dos principais ingredientes para o marketing bem-sucedido dos clientes é descobrir quem são seus clientes-alvo. Antes de iniciar sua pesquisa, escolha dados demográficos específicos para segmentar.

Escolhendo dados demográficos específicos a serem segmentados

O conhecimento do seu cliente-alvo permite não apenas personalizar o marketing, mas também personalizar os produtos que você escolhe listar em sua loja. É aqui que a criação de personas de usuário pode realmente ser útil.

Essencialmente, você cria um perfil do cliente ideal para sua loja. Responda a perguntas como idade, onde a pessoa mora, quais são seus interesses se ela for casada, se tiver filhos e até mesmo razões pelas quais ela compraria seu produto.

Você deseja definir informações demográficas e psicológicas. As informações demográficas incluem:

  • Gênero
  • Era
  • Localização
  • Educação
  • Estado civil
  • Rendimento anual
  • Descrição do trabalho

As informações psicológicas incluem:

  • Hobbies
  • Interesses
  • Morais e Valores
  • Comportamento
  • Estilo de vida

Você também deve levar em consideração os clientes atuais que você tem ou espera ter e como eles se enquadram nas descrições listadas acima.

Criando um perfil de cliente

O perfil do seu cliente ou a persona do usuário é uma maquete da aparência do seu cliente ideal. Depois de reunir as informações acima, escreva uma breve biografia para o usuário da sua ideia. Escreva como uma biografia. Você pode até nomear sua pessoa falsa para mantê-la pessoal.

Depois de criar sua persona de usuário, convém usar essas informações em todos os aspectos da execução de sua loja online. O usuário da sua ideia é uma mãe que trabalha? Então, provavelmente, ela visitará seu site à noite ou no fim de semana. Isso significa que você deve realizar descontos ou eventos especiais em um momento conveniente para ela participar.

Se ela tem uma idade específica, lembre-se disso ao criar o tamanho da fonte do seu conteúdo. Você pode aplicar a persona do usuário a tudo, desde comportamentos de carrinho de compras e obter as taxas de conversão o mais altas possível. Quanto melhor você entender seu cliente típico, melhor poderá refinar seus objetivos e encontrar o sucesso.

Definindo um nicho de mercado

Quando você começa, descobrir seu nicho segmentado pode economizar muito tempo e dinheiro. Você não desperdiçará fundos publicitários publicando anúncios para pessoas que não se encaixam no seu mercado-alvo.

Quando você começa, pode ser um pouco difícil determinar quem são seus clientes-alvo. Uma maneira de identificar clientes em potencial é pesquisando os concorrentes, como mencionado acima. Por exemplo, use Quantcast para obter informações sobre que tipos de pessoas estão visitando os sites dos seus concorrentes. São informações excelentes para determinar seu público-alvo demográfico.

Essas informações podem mudar depois que você realmente coloca sua loja em funcionamento. Você pode coletar dados demográficos adicionais, realizando pesquisas com seus clientes e estudando estatísticas de análise da Web por meio de ferramentas no painel de controle do site, como Webalizer e AWStats.

Construindo uma estratégia de marca

Sua estratégia de marca define sua loja para os clientes. Depois de pesquisar seus concorrentes e descobrir o grupo demográfico alvo, você também desejará pesquisar informações gerais sobre esse grupo demográfico. Você pode utilizar ferramentas como Compete.com e Nielson para determinar exatamente o que esse público-alvo mais se importa.

Diferenciando seu eBusiness

É importante que você diferencie seus negócios de todos os outros similares por aí. Quais são algumas das palavras que descrevem sua empresa como um todo? Tente localizar palavras que seus concorrentes não estão usando, mas que falarão com o público-alvo alvo.

Por exemplo, se você constatou em sua pesquisa que seu cliente-alvo é uma mãe que trabalha, ela pode estar procurando ajuda para se manter atualizado sobre tudo o que precisa fazer. Você pode usar palavras como “útil” e “economia de tempo” para atrair esse público-alvo.

Conhecendo seus clientes-alvo

Até agora, você deve ter uma boa idéia de quem são seus clientes-alvo. Vá além da persona do usuário e descubra exatamente o que ela quer quando visita sua loja on-line. O que ela está procurando?

Pode haver vários níveis de coisas que esse cliente mais precisa. Com o tempo, ao conhecer melhor sua base de clientes, você provavelmente desenvolverá personalidades adicionais, para saber melhor como alcançar cada tipo de cliente.

Diferenciando sua marca

Qual é a sua personalidade como proprietário de uma loja online? Isso deve aparecer na sua atitude, nas suas páginas sobre e até de qualquer maneira que você retribuir ao mundo como um todo. Algumas empresas se orgulham de ser ambientalmente amigáveis. O que diferencia você e sua marca? Como você pode mostrar que isso ainda permanecerá fiel à sua declaração de missão.

Você deseja aprofundar ainda mais sua marca. Por exemplo, se você promete um serviço que economiza tempo, o que isso significa? Isso significa que o pedido é embalado e enviado dentro de uma hora após o recebimento? O que você precisará fazer para garantir que isso aconteça? Quantos funcionários você precisará contratar ou pode lidar com isso sozinho?

Isso também pode fazer a diferença se você coloca a remessa nas mãos de um fabricante (dropshipping) ou se cuida dela para garantir que o produto saia imediatamente.

Personalizando sua marca

Imagine dois e-mails diferentes chegando na sua caixa de entrada. Um e-mail diz:

Ei, Jane. Eu só queria escrever uma linha e obrigado por seu pedido recente do ABC Widget. Como você amou o Widget ABC, eu também queria que você soubesse que o Widget XYZ estará à venda até meia-noite de amanhã. Obrigado por ser um cliente fiel. ”

O outro email diz:

“Os widgets XYZ estão à venda até meia-noite de amanhã. Venha e compre um.

A qual email você responderá melhor? Você precisa personalizar sua marca para atender às necessidades de seus clientes. Isso inclui a experiência do usuário em seu site, os e-mails que você envia e até o marketing de mídia social. Até sua declaração de missão deve ser personalizada para as necessidades de seus clientes.

Ao desenvolver sua missão, lembre-se desse público-alvo. Que problema você está resolvendo? Como a sua marca se relaciona? Como você pode fazer a marca ficar na mente do cliente?

Desenvolvendo uma proposta de venda exclusiva

Uma Proposição de venda exclusiva (USP) pode ajudá-lo a se destacar da concorrência. É o que torna sua marca única. Para desenvolver uma USP, você precisa se concentrar estreitamente em seus clientes ou clientes ideais e no que eles desejam.

Isso significa que você pode decepcionar outras pessoas. No entanto, isso não importa, desde que você tenha escolhido um público-alvo ativo e você os entenda bem. Você desenvolverá seguidores fiéis entre esses clientes. Uma USP forte:

  • Atende a uma alta necessidade
  • Mostra que você conhece seu público-alvo
  • Pode ser resumido em uma frase ou duas

Se você deseja ser lembrado no mercado lotado do mundo online, sua marca simplesmente deve se destacar de alguma forma.

Preços de seus produtos para sua loja on-line

Descobrir como precificar produtos para sua loja on-line, para que você obtenha lucro enquanto ainda atrai clientes é um ato de equilíbrio. O Shopify oferece o seguinte fórmula para ajudá-lo a descobrir como precificar produtos para uma loja online:

“Preço de varejo = [(custo do item) ÷ (100 – porcentagem de margem de lucro)] x 100”

Então, só para lhe dar uma idéia. Se você deseja obter um lucro de 60% em um item que custa US $ 20,00 para comprar, a fórmula terá a seguinte aparência:

Preço de varejo = [(US $ 20,00) ÷ (100 – 60)] x 100
Preço de varejo = [$ 20,00 ÷ 40)] x 100
Preço de varejo = ($ 0,50) x 100
Preço de varejo = R $ 50,00

Portanto, o item que custa US $ 20,00 é vendido por US $ 50,00. Você também precisa descobrir se deseja apenas usar o preço sugerido pelo fabricante ou se precisa fazer algum movimento de produto, descontando-o.

A chave é garantir que você lucre mesmo depois de pagar despesas gerais, como taxas de hospedagem na web e custos com funcionários.

Determinando suas margens de lucro

Como mencionado anteriormente, você não deve tentar competir com os preços na Amazon. A Amazon vai precificar itens com prejuízo apenas para esgotar as lojas menores. Eles têm o financiamento e o tamanho necessários para realizar isso com facilidade, mas se você tentar subestimar seus produtos, rapidamente sairá do negócio.

É por isso que é tão importante conhecer suas margens. É importante que você conheça suas margens para poder ter um preço baixo o suficiente para ser competitivo, mas ainda assim garantir um pouco de lucro.

Conhecendo seu USP

USP significa Proposição de venda exclusiva. Qual é o seu fator único que faz com que os clientes voltem sempre? Alguns USPs incluem:

  • Bom atendimento ao cliente
  • Envio Grátis
  • Itens não disponíveis em outros lugares
  • Senso de caridade

Qualquer que seja o seu USP, é importante descobrir como você se destacará da concorrência..

Oferecendo Incentivos

Outro motivo pelo qual é tão importante entender suas margens é que você pode descobrir quais incentivos oferecer aos seus clientes.

Seus lucros permitirão que você forneça frete grátis? Você deveria oferecer metade da folga? Você pode até querer fornecer um líder de perdas. Este é simplesmente um produto que você perde dinheiro vendendo por um preço baixo, na esperança de que seus outros itens que geram lucro também vendam.

Oferecendo diversificação de produtos

Se você fez sua lição de casa e entende completamente a demanda do mercado e seu cliente-alvo, poderá facilmente diversificar os produtos que oferece para vender itens adicionais. Você também pode simplesmente oferecer mais opções para os produtos que você já vende.

Um bom exemplo disso seria uma camiseta. Talvez você comece vendendo-o em pequeno, médio e grande porte e em preto. Você pode diversificar rapidamente aqui adicionando tamanhos de crianças, tamanhos diferentes e diferentes opções de cores.

Configurando a linha do tempo do projeto

Muitas coisas podem afetar o tempo que leva para colocar sua loja online em funcionamento. Se você usar uma plataforma pronta para uso, como o Shopify, a linha do tempo poderá ser mais rápida. No entanto, se você deseja personalizar sua loja on-line e auto-host, pode levar muito mais tempo para configurar o site..

Você deseja construir a tempo de:

  • Teste completo para garantir que tudo esteja funcionando corretamente antes de você iniciar sua loja.
  • Problemas inesperados que você pode encontrar que podem atrasar o lançamento.
  • Promoções pré-lançamento.

É melhor planejar em mais tempo do que você pensa que precisará. É muito melhor lançar um pouco mais cedo do que tarde.

Estimando os custos para iniciar um negócio de comércio eletrônico

De acordo com Empreendedor, uma loja on-line básica baseada em modelos pode custar apenas US $ 250 por mês, mas uma solução completa totalmente personalizada pode custar mais de US $ 500.000 por ano. Obviamente, existem muitos níveis no meio. Algumas das despesas em que você incorrerá incluem:

  • Taxas de registro e hospedagem de nomes de domínio
  • Custos de web design
  • Personalização do software de comércio eletrônico
  • Aquisição do produto inicial
  • Custos para viajar para feiras ou para se encontrar com fabricantes
  • Custos de publicidade
  • Seis meses de financiamento para pagar funcionários e quaisquer despesas gerais

Algumas taxas que você pode economizar começando pequenas e crescendo à medida que sua empresa cresce. Por exemplo, não há necessidade de pagar por um sistema de gateway de pagamento caro quando você abre pela primeira vez. Você pode utilizar facilmente o PayPal ou o Google Pay.

Então, à medida que o volume de suas vendas aumenta, faz sentido pagar as taxas pelo processamento de pagamentos com cartão de crédito, pois você economizará nas taxas de processamento, você poderá adicioná-las ao seu plano de negócios.

Como financiar seus negócios de comércio eletrônico

Mesmo se você começar com a loja on-line mais básica que você possa imaginar, terá algumas taxas envolvidas. Existem algumas maneiras de financiar seus negócios.

Se você tem um produto que está desenvolvendo, pode usar o Crowdfunding para obter o dinheiro necessário para desenvolver o produto inicial e instalar sua loja. Algumas outras idéias para reunir dinheiro suficiente:

  • Hospede uma variedade de angariadores de fundos online e offline. Venda produtos, inicie uma conta GoFundMe, etc..
  • Peça a amigos e familiares para investirem uma porcentagem dos lucros futuros. No entanto, sempre mantenha o controle majoritário dos seus negócios.
  • Procure investidores anjos.
  • Contratar um empréstimo para pequenas empresas.
  • Pague mensalmente pelo seu site de comércio eletrônico primeiro, até que você possa desenvolver sua própria plataforma auto-hospedada.

Às vezes, é realmente melhor começar menor e permitir espaço para crescimento. É mais importante nos primeiros dias de novos negócios ter um fluxo de caixa suficiente para que sua empresa possa crescer do que começar grande.

ESTABELECENDO UMA ENTIDADE EMPRESARIAL

É importante que você proteja a si e a seus bens pessoais, colocando algumas coisas em prática antes de lançar sua loja on-line.

Arquivando o nome da empresa

Você precisará escolher a estrutura legal da sua empresa. A chave aqui é escolher qual será sua empresa para que, se alguém o atacar em um nível legal, você pessoalmente não seja responsável por quaisquer danos que você deva pagar.

Você pode formar uma S Corp ou uma LLC. A coisa mais inteligente a fazer é conversar com um advogado de negócios sobre a melhor estrutura para o seu negócio. A papelada para arquivar uma empresa pode ser complicada.

Embora você possa se registrar com seu estado por conta própria, levará muitas horas para entender a papelada e a papelada de acompanhamento necessária todos os anos. Pode ser mais econômico seguir em frente e contratar um profissional para lidar com esse trabalho para você.

Você também precisará escolher um nome para fazer negócios ou um “DBA). Normalmente, quando você solicita sua empresa, o Secretário de Estado verifica o banco de dados para garantir que não haja outros negócios já fazendo negócios com esse nome.

Como obter o número de identificação do seu empregador (ou “ID fiscal”)

Como você não deseja fornecer seu próprio número de previdência social aos fornecedores, também deverá se registrar para obter um número de identificação fiscal para sua empresa ou um número de identificação do empregador (EIN). Você pode registro online através da Receita Federal para esse número.

Solicitação de licenças e permissões comerciais

As licenças e autorizações necessárias para a sua empresa variam dependendo de onde você mora. Você precisará verificar com as autoridades estaduais e municipais para ver o que você precisa. Algumas coisas típicas incluem:

Alimento permite se administrar uma empresa de alimentos (pode haver outras considerações também para alimentos)
Licença de varejo para permitir a cobrança de imposto sobre vendas para o seu estado

A chave é garantir que você siga as regras do seu setor e colete os impostos que seu estado exige que você colete.

Abrindo uma conta bancária comercial

Zoom legal recomenda manter sua conta bancária comercial e contas pessoais separadas. Existem muitos motivos para fazer isso, mas o principal motivo é que ele mantém seus fundos transparentes para fins fiscais e, se houver uma auditoria, eles analisarão primeiro a sua conta comercial e não a sua conta pessoal. Isso pode economizar muito agravamento e mal-entendidos.

Procure um banco que ofereça alguns dos recursos específicos de que você precisa agora ou no futuro para seus negócios on-line, como:

  • Depósitos diretos
  • Pagamento de fatura eletrônica
  • Recursos de processamento de cartão de crédito

Tenha cuidado com as taxas, pois elas podem aumentar rapidamente, especialmente quando você está apenas começando. Leia sempre as letras miúdas e certifique-se de entender a estrutura de taxas de qualquer conta comercial que abrir.

Abrir uma conta de comerciante para aceitar pagamentos com cartão de crédito

Como mencionado acima, você deve procurar um banco ou uma empresa separada que permita processar pagamentos com cartão de crédito. Uma conta de comerciante oferece esse recurso para seus negócios. Existem algumas maneiras pelas quais você pode aceitar cartões de crédito on-line, incluindo o PayPal ao iniciar uma conta de comerciante completa depois de fazer o volume que fará com que ele se pague em economia de taxas.

Você quer evitar pagar em excesso mantendo-se atento às taxas ocultas. O primeiro passo é ler atentamente as declarações mensais.

Algumas taxas que você deseja consultar e procurar em seus extratos incluem:

  • Taxas de desconto não qualificadas
  • Taxas diferenciadas de intercâmbio
  • Taxas mínimas mensais (se você não atingir um determinado valor da transação)
  • Taxas de avaliação do PCI
  • Taxas trimestrais
  • Taxas de instalação
  • Taxas de rescisão antecipada (muitos processadores têm a duração necessária do contrato)

Verificando a flexibilidade para processar mais transações de venda

Outra coisa que você deve perguntar antes de escolher uma empresa de processamento de cartão de crédito é como ela lidará com isso se suas vendas decolarem repentinamente. Eles têm a capacidade de processar mais transações facilmente? Qual é a estrutura de taxas? As taxas caem se você tiver mais vendas?

Escolhendo um comerciante com boa reputação

Por fim, convém escolher um comerciante com uma excelente reputação. Leia as opiniões on-line e verifique com o Better Business Bureau no estado em que a empresa está sediada. Algumas bandeiras vermelhas que você deve prestar atenção para incluir:

  • Mau atendimento ao cliente (isso também pode fazer você parecer ruim para seus clientes)
  • Não pagamento ou pagamentos em atraso
  • Muitas taxas ocultas
  • Equipamento defeituoso

Anote quem mais está usando a mesma empresa de processamento de transações e não hesite em entrar em contato com essas empresas e perguntar se elas estão satisfeitas com o serviço..

CONFIGURANDO UM NEGÓCIO ONLINE

Agora que você tem seu planejamento, é hora de começar o trabalho de configurar seus negócios de comércio eletrônico. As etapas que você precisa seguir estão listadas abaixo.

Registrando um domínio

Depois de escolher um nicho e registrar seu nome, você precisará encontrar um nome de domínio que não seja usado e que também permita que os clientes se lembrem do caminho do seu site com facilidade. Não é tão fácil como costumava ser. Pode ser necessário gastar um pouco de dinheiro para comprar um nome de domínio premium ou de alguém que sempre detenha os direitos desse domínio..

Espere pagar um mínimo de cerca de US $ 15,00 por ano por um ponto com. Mais do que provável, você precisará pagar muito mais por um nome premium que seja fácil de lembrar e tenha boa classificação nos mecanismos de pesquisa.

Noções básicas sobre nomes de domínio

Os sites realmente vivem em endereços IP ou servidores. o Endereço IP é um número isso indica onde a página da web está localizada. No entanto, os números seriam difíceis de lembrar para as pessoas. Em vez disso, os registradores de nomes de domínio oferecem nomes mais fáceis de lembrar compostos de palavras (e ocasionalmente números). Portanto, em vez de lembrar de digitar “54.239.25.200”, basta lembrar de digitar “amazon.com”.

Existem diferentes extensões que você pode escolher além de .com, mas como um ponto com é o padrão, é mais fácil para a maioria das pessoas lembrar.

Importância de escolher o nome de domínio certo

A seleção de um nome de domínio é semelhante a nomear um negócio físico. Você quer algo fácil de lembrar, que mostre o que é a sua marca e que ninguém mais está usando. UMA .com é o tipo de nome mais memorável, mas nos Estados Unidos .biz é uma segunda opção sólida. Em outros países, você pode usar uma opção específica de local, como .co.uk.

Se você puder, escolha um nome de domínio com palavras-chave populares. Portanto, se você pesquisou tendências e descobriu que “condicionador de óleo de argônio” é um termo muito pesquisado e pode escolher o nome de domínio “argonoilconditioner.com”, é uma decisão inteligente.

No entanto, alguns estudos recentes indicam que os domínios de correspondência exata (EMDs) não são tão eficazes quanto eram no passado, então não gaste dinheiro, você não precisa apenas garantir um. Se você pode pegar um por um preço razoável, faça-o. Se for $ 10.000, você pode pensar duas vezes.

Um nome de domínio difícil de lembrar, muito tempo ou muito incomum será difícil para os visitantes do site. Se um visitante do site deixar de marcar seu site como favorito, ele poderá nunca mais encontrá-lo, pois não conseguirá se lembrar do nome.

Uma das principais vantagens da compra de um EMD é que ele já pode estar recebendo tráfego apenas por causa da frase-chave no nome. Faça sua pesquisa e veja se vale a pena comprar ou não esse nome de domínio. Lembre-se de que todo o tráfego do mundo não ajudará se não for direcionado, embora.

Escolhendo um serviço de hospedagem na web

Depois de ter um nome de domínio, se você planeja criar sua própria loja em vez de usar um serviço como o Shopify ou as Lojas do Facebook, será necessário encontrar uma empresa de hospedagem na qual seu site residirá. Os custos e recursos podem variar. Para uma loja online, verifique se a empresa de hospedagem oferece um mínimo de:

  • Capacidade SSL
  • Largura de banda ilimitada (nunca é completamente ilimitada, mas é um bom ponto de partida)
  • Excelente serviço ao cliente e suporte técnico 24/7
  • Espaço suficiente para o seu site crescer à medida que você adiciona produtos e conteúdo

Antes de tomar uma decisão final sobre um serviço de hospedagem, verifique cuidadosamente as análises on-line. Alguns exigem pagamento com um ano de antecedência, e a última coisa que você deseja fazer é pagar um ano de taxas de hospedagem apenas para descobrir que a empresa de hospedagem não é confiável. Se o host oferecer uma avaliação gratuita, tire proveito disso antes de se comprometer.

Escolhendo uma plataforma de comércio eletrônico

Seu próximo passo é escolher o carrinho de compras para sua loja online. Não se apresse e escolha uma plataforma com a qual você possa crescer. Se o seu sonho é ter uma mega-loja, uma solução auto-hospedada é provavelmente melhor do que uma hospedada.

  • Soluções de comércio eletrônico hospedadas – Alguns deles já foram mencionados antes, como Shopify. Alguns outros incluem Volusion e BigCommerce. Uma solução hospedada está hospedada no site do provedor de software e usa sua plataforma. As opções de personalização são limitadas, mas a maioria pode ser personalizada um pouco.
  • Carrinhos de compras auto-hospedados – Um auto-hospedado permite que você instale o software de sua escolha em seu próprio servidor. Pode ser um software de comércio eletrônico de código aberto ou algo que você projetou especificamente para sua loja online. A mais barata das duas opções é levar o software de código aberto e personalizá-lo de acordo com suas necessidades. A maioria dos carrinhos de compras de código aberto tem desenvolvedores trabalhando em temas e plugins que expandirão a capacidade.

Escolhendo um gateway de pagamento

A escolha das opções de gateway de pagamento é uma das decisões mais difíceis para muitos proprietários de lojas online. A melhor coisa a fazer é olhar para alguns dos principais gateways e ver quais recursos estão disponíveis e quais se integram mais facilmente ao carrinho de compras que você escolheu. Aqui estão algumas das opções mais populares:

  • PayPal
  • Quadrado
  • Listra

Também existem muitas outras opções, incluindo contas de comerciantes locais e nacionais que se integrarão a um sistema de pedidos on-line. A chave é descobrir qual oferecerá as melhores taxas de processamento com base no volume de negócios que você está fazendo hoje. Você sempre pode mudar para outra empresa mais tarde, se isso fizer mais sentido para os seus negócios e os custos de processamento do cartão de crédito.

Diferentes plataformas de comércio eletrônico se integram a vários gateways de pagamento. Por exemplo, devido a limitações nos aplicativos da Square, ele não integra facilmente muitos lugares. Por outro lado, o PayPal tem muitos desenvolvedores de terceiros e desenvolveu aplicativos que permitem a integração com quase todos os gateway de pagamento existentes no mercado..

Considerando o provedor de serviços de pagamento tudo-em-um

Se você deseja simplificar sua contabilidade e quantas fontes de pagamento você precisa acompanhar, encontre um provedor de serviços de pagamento completo.

Um provedor tudo em um permitirá que você:

  • Processar transação
  • Executar relatórios
  • Configurar detecção de fraude
  • Retornos do processo
  • Transferir informações fiscais

A escolha de um provedor que faça tudo também fornecerá uma certa flexibilidade à medida que sua loja on-line cresce sem ter que pesquisar novamente as contas dos comerciantes antes de mover o processamento de transações.

Comparando as taxas dos prestadores de serviços de pagamento

As taxas de processamento podem consumir rapidamente seus lucros. É importante que você entenda completamente as taxas envolvidas antes de se inscrever em uma conta de comerciante.

  • Por taxa de transação: Algumas empresas cobram uma taxa por transação para cada pedido processado. Normalmente, essa é uma taxa fixa inferior a US $ 1,00. Isso pode variar, embora.
  • Porcentagem de Venda: A maioria das empresas de contas comerciais cobra uma taxa com base no preço de venda do item. Isso pode ser em torno de 2,99% se você não realizar um volume muito alto de negócios, mas tende a diminuir quanto mais seu volume de vendas.
  • Taxas da conta: Algumas empresas cobram uma taxa anual, trimestral ou mensal apenas para manter sua conta aberta. Procure empresas que não cobram uma taxa desde que você esteja realizando algumas vendas.

Por exemplo, o Authorize.net cobra uma taxa mensal de cerca de US $ 25 mais taxas de transação de 2,9% + US $ 0,30. No entanto, você pode receber dinheiro de 5 países em 6 moedas diferentes e eles aceitam todos os principais cartões de crédito e pagamentos móveis.

Por outro lado, o Beanstream não cobra taxa mensal e taxa de transação de 2,25 a 2,65%. Está disponível apenas para três países em 2 moedas diferentes.

Você pode encontrar um completo gráfico que descreve taxas e porcentagens no FormStack. Você pode comparar rapidamente quais gateways possuem os recursos necessários com o menor custo.

CONSTRUINDO UMA LOJA ONLINE

Depois de escolher o software que você deseja usar, é hora de personalizar sua loja o máximo possível. Mesmo que você esteja cansado de tomar decisões nesse momento, considerar algumas coisas com cuidado ajudará seu site a ser mais atraente e fácil de usar para os clientes.

Escolhendo o tema certo para sua loja online

De acordo com Revista Time, você tem cerca de 15 segundos para atrair o interesse do visitante do site que acessa sua página. Alguns podem argumentar que você tem ainda menos tempo do que isso, mas mesmo se você tiver 15 segundos completos, lembre-se de que é uma janela muito curta para causar uma ótima primeira impressão.

Para causar uma ótima primeira impressão, você precisará:

  • Uma estrutura de navegação clara. O leitor deve ver como ir do ponto A ao ponto B rapidamente.
  • Escreva conteúdo incrível que atraia o interesse do leitor.
  • Aparência organizada que chama a atenção para onde você quer que ela vá. Por exemplo, se você deseja canalizar os visitantes do site para os itens de liberação, qual é a primeira coisa que eles veem ao chegar na página inicial? São os itens de liberação ou link para eles?

Lembre-se de todas essas coisas ao escolher um tema. Ele fornecerá a página organizada e fácil de navegar que você está procurando?

Personalizando a aparência da sua loja

Se sua loja se parece com todas as outras lojas por aí, será difícil estabelecer sua marca. Além de adicionar seu logotipo e um toque exclusivo à aparência geral da sua loja, convém considerar as cores que você usa e como elas se vinculam à sua imagem geral da marca.

De acordo com KISSmetrics, a cor aumenta o reconhecimento da sua marca em até 80% e pode levar à confiança do consumidor.

Você também deseja adicionar recursos que façam sentido para o seu nicho. Por exemplo, se você estiver vendendo roupas, precisará adicionar opções para as escolhas de tamanho. Por outro lado, se você estiver vendendo utensílios de cozinha, as opções de cores e os tamanhos provavelmente serão limitados, portanto, talvez você não precise desse recurso.

Projetando a arquitetura de informações do site de comércio eletrônico (IA)

Embora a arquitetura da informação possa parecer um pouco com a navegação no site, existem algumas diferenças fundamentais. Enquanto os dois estão relacionados, a arquitetura de um site é o esqueleto do site. A arquitetura inclui os ossos do site e como todos os elementos trabalham juntos para trazer informações ao usuário final.

A IA pode incluir elementos como:

  • Inventário de conteúdo
  • Nomeação padronizada ou estilo editorial
  • Como as coisas são agrupadas

A IA é de vital importância, porque você desenvolverá essa estrutura básica à medida que o site crescer. Uma boa estrutura pode fazer ou quebrar você quando atingir picos de crescimento.

Criando imagens impressionantes de produtos

Você pode criar a loja on-line mais incrível de todos os tempos, mas se o consumidor não conseguir ver claramente o item que está vendendo, poderá acabar com a falta de vendas para mostrar..

Você tem algumas opções básicas para adicionar imagens de produtos:

  • Use imagens fornecidas pelo fabricante (desde que você tenha permissão para fazê-lo). Muitos fabricantes contratam fotógrafos profissionais para criar lindas fotos de seus produtos. A desvantagem é que outras pessoas que vendem o produto provavelmente terão a mesma imagem em seus sites.
  • Contrate um fotógrafo profissional. Você pode contratar um profissional para tirar fotos dos produtos. No entanto, isso pode ser caro, principalmente no início quando você tiver um orçamento limitado.
  • Tire as fotos você mesmo. Isso pode ser desafiador. Você precisará de um plano de fundo branco ou preto para a maioria dos itens. Uma caixa de luz pode ser útil. Você pode comprar um muito barato em sites como o Amazon para itens menores. Também é inteligente investir em uma boa câmera DSLR para obter a melhor resolução.

Ao adicionar imagens de seus produtos, tente olhar para o item como se você fosse o cliente. O que você gostaria de saber sobre o produto? De quais ângulos você deseja ver o item? Quais detalhes são importantes para o consumidor?

Escrevendo descrição atraente do produto

Seu objetivo com um produto deve ser atrair o interesse do cliente e ainda fornecer detalhes suficientes para que ele saiba se deseja ou não comprar o produto. Se você pode criar uma voz exclusiva para suas descrições, provavelmente verá um aumento nas conversões de vendas.

Por exemplo, digamos que você esteja vendendo toalhas de cozinha. Você pode apenas descrever as fibras, o tamanho, a cor e o rápido tempo de secagem do lado da microfibra, como qualquer outro local.

Ou você pode criar uma história sobre uma cozinheira doméstica que usa as toalhas porque ela adora a variedade de cores, economiza seu tempo devido à secagem mais rápida da microfibra e assim por diante. Você vê como um é mais atraente e pessoal que o outro?

Embora você não precise criar uma história fictícia para cada item, descreva-a de forma que o leitor possa se imaginar usando esse item. Tente despertar a imaginação do visitante do site.

Otimizando a navegação no site de comércio eletrônico

Quando se trata de navegação no site, não basta ter uma estrutura e botões fáceis de encontrar. Você também deve considerar como os usuários navegam para produtos específicos que desejam encontrar. Isso se torna ainda mais importante quanto mais produtos você tiver no seu site.

De acordo com Smashing Magazine, a chave é garantir que os clientes possam encontrar os produtos que desejam comprar. Portanto, você deve considerar tudo, desde como organizar categorias até a melhor maneira de fazer com que os clientes pesquisem e o que esses resultados de pesquisa em seu site retornarão para eles.

Isso significa que você precisa ter categorias principais fortes. Você também deve adicionar filtros que permitam ao usuário restringir a pesquisa por itens como “o que há de novo”, “mais popular” e “preço mais baixo”.

Criando um fluxo de checkout de comércio eletrônico

o a taxa média de abandono do carrinho de compras é de 68,95%. Se você quiser melhorar isso e converter os visitantes do site em clientes que fazem um pedido, pense no fluxo do seu carrinho de compras.

O cliente deve poder ver claramente como efetuar o pagamento a partir do momento em que adicionar o primeiro item ao carrinho de compras até que o pedido seja concluído.

  • Coloque os botões de revisão e checkout do carrinho de compras em locais claros.
  • Facilite o check-out – não force os usuários a se registrarem no check-out. Forneça também uma opção de checkout para convidados.
  • Instale um software que envie uma oferta de segunda chance se o usuário abandonar o carrinho de compras.

Quanto mais fácil você fazer o fluxo da caixa, maior será sua taxa de conversão.

Criando páginas de detalhes do produto

Os detalhes do produto ajudarão os usuários a entender completamente o que estão comprando e reduzirão sua taxa de retorno. Você deseja incluir informações como:

  • Garantias
  • Tamanhos
  • Material usado para fabricar o produto
  • Especificações técnicas

Quanto mais detalhado você for, mais fácil será para seus clientes determinar se os itens são o que eles estão procurando. No entanto, geralmente é melhor não bagunçar as páginas dos itens com os detalhes. Em vez disso, forneça um link no qual o cliente possa clicar e mais informações aparecerão. Ou, coloque as informações nas imagens e nas informações de descrição.

Fazendo com que os clientes confiem na sua loja de comércio eletrônico

Há uma razão pela qual a maioria dos consumidores compra de marcas que reconhece. Isso ocorre porque essas marcas construíram uma reputação e o cliente sabe que ele pode confiar nessa marca para entregar um produto de qualidade e cumprir o que é prometido..

Se você ainda não possui esse reconhecimento de nome, precisará fornecer mais informações do que um site que o possui. Você deseja incluir informações como quantos pedidos você já cumpriu, informações de contato claras e emblemas que mostram que você é um revendedor ou varejista verificado de marcas específicas reconhecidas.

Incluir informações de associação para todas as organizações às quais você pertence também é uma maneira de criar confiança e lealdade.

Configurando a segurança do site de comércio eletrônico

Seus clientes confiam em você com informações pessoais. A maneira mais rápida de eliminar a confiança que eles depositam em você é deixar seu site de comércio eletrônico aberto a hackers. É vital que você invista em segurança e fique por dentro das novas ameaças à segurança durante toda a vida da sua loja.

  • A primeira coisa que você deve fazer é começar com uma configuração de servidor da web que seja segura. O SSL, por exemplo, criptografará informações confidenciais, adicionando outra camada de proteção.
  • Adicione um firewall ao seu servidor ou verifique se o servidor instalou um firewall para proteção. A maioria dos carrinhos de compras possui plug-ins de firewall que você pode instalar.
  • Você também deseja instalar um software que verifique ameaças, vírus e tentativas de hackers.

Você deseja analisar a segurança do seu site com um analisador de segurança de linha de base como o da Microsoft. Se você não souber como proteger seu site, faça um investimento em segurança, contratando um especialista em segurança online.

Cumprindo os padrões de segurança de dados do PCI

o Conselho de Padrões de Segurança PCI estabeleceu alguns padrões de segurança para sites de comércio eletrônico para ajudar os proprietários das lojas a entender a melhor maneira de manter as informações confidenciais em segurança.

O site oferece ferramentas para ajudá-lo a garantir a segurança do site e as informações do cliente, incluindo documentos que explicam como proteger seu site e ferramentas que ajudam a avaliar a segurança do site e a descobrir maneiras de solucionar eventuais problemas de segurança..

PREPARAÇÃO PARA LANÇAR UMA LOJA NA WEB

Depois de configurar tudo, há algumas pré-verificações e tarefas que você deseja concluir antes de iniciar sua loja. Ao cuidar dessas coisas com antecedência, você poderá concentrar toda a sua atenção no excelente atendimento ao cliente e no atendimento rápido de pedidos.

Configurando o Monitoramento do Site

O monitoramento do site o notificará se o servidor ficar inativo ou se houver outros problemas com o site. A última coisa que você deseja é gastar seu dinheiro suado em publicidade, direcionar tráfego para o seu site, apenas para que o visitante perceba que o site não está funcionando.

Você também deseja configurar as análises para acompanhar o desempenho geral do site, de onde vem o tráfego e quais palavras-chave têm melhor desempenho.

Estabelecendo um boletim de notícias

Nem todo mundo que acessa seu site compra algo na primeira visita. No entanto, se você pode incentivá-los a se inscrever no boletim, de repente você tem uma maneira de manter as linhas de comunicação abertas. Você também pode convencê-los a voltar ao seu site, mostrando novos itens, o que está em promoção ou oferecendo um desconto.

Obtendo a instalação nas mídias sociais

46% dos consumidores os que estão online recorrem às mídias sociais antes de fazer uma compra. É importante que você estabeleça uma presença na mídia social e agite antes de lançar uma loja online. No mínimo, você deve estar presente nos dois maiores jogadores Twitter e Facebook.

No entanto, você também deve analisar o seu público-alvo e quais outras plataformas de mídia social podem ser uma boa opção para você. Por exemplo, se você deseja comercializar para jovens, tente o Instagram. Se você deseja atrair mulheres para o seu site, confira o Pinterest.

Desenvolvendo um plano de backup do site

Não importa quantas medidas de segurança sejam adotadas ou quão bem você se prepare, às vezes o impensável acontece e o site é desativado, ou os hackers assumem o controle. Verifique se você possui um plano que faça backup automático dos arquivos importantes do banco de dados.

Também é inteligente ter vários backups. A maioria das empresas de hospedagem na web cria um backup completo do site, que permite retroceder o site para uma data anterior, uma ou duas semanas antes. Você também deseja manter os arquivos de backup do site completo em um disco rígido externo.

Por fim, vá em frente e instale software que cria backups para você regularmente. A maioria das plataformas de conteúdo possui plug-ins que você pode instalar que farão esse trabalho para você em segundo plano. Você define o backup apenas para a frequência com que deseja concluí-los.

Protegendo as informações do cliente

Se você deseja desenvolver confiança com seus clientes, deve implementar segurança e políticas para proteger as informações privadas que seus clientes compartilham com você. Você também deve publicar essas políticas para que seus clientes possam ver o que você faz com as informações deles e as etapas que você tomou para adicionar segurança ao seu site..

Escolhendo uma estratégia de remessa

Pode ser difícil conhecer a melhor solução de remessa para o seu negócio. Você precisa descobrir o peso dos produtos que está enviando, onde a maioria dos seus clientes está localizada, como lidar com pedidos urgentes e quais serão os custos.

Você pode encontrar tarifas para algumas das principais empresas de remessa online, incluindo USPS, FedEx e UPS. Se você está apenas começando, pode fazer algumas comparações para ver qual fornecedor de remessa oferecerá o melhor preço. Você pode usar um site como iShip.com para descobrir qual seria a maneira mais rápida, mais barata ou melhor de enviar seus pedidos.

Decidindo sobre os principais indicadores de desempenho (KPIs) da sua loja

A escolha dos principais indicadores de desempenho (KPIs) para sua loja é algo que você deve ter antes de iniciar. No entanto, seus KPIs também devem ser fluidos, pois podem mudar com o tempo. Como você já definiu algumas metas e missão para seus negócios, elas devem estar vinculadas aos seus KPIs.

Por exemplo, se seu objetivo é aumentar as vendas, você deve observar taxas de conversão diárias, números de vendas diárias e estatísticas de tráfego.

Finalizando sua promoção e estratégia de lançamento

Antes de se preparar para o lançamento, convém ter uma reunião com sua equipe de marketing. Como você vai divulgar a sua grande inauguração? Este é um momento em que você poderá direcionar muito tráfego para o seu site, criar sua lista de e-mails e conquistar alguns clientes fiéis.

As promoções para o seu lançamento devem incluir no mínimo:

  • Comunicados de imprensa para a mídia on-line e local
  • Uma festa em que você convida os principais influenciadores (pode ser realizada on-line)
  • Brindes ou descontos especiais no dia do evento
  • Bate-papo on-line, onde especialistas entram e conversam com seus clientes, direcionando tráfego para seu site por meio de uma plataforma de bate-papo. Por exemplo, se você estiver vendendo equipamentos de golfe, poderá solicitar a um jogador profissional que fale sobre como melhorar seu acompanhamento.

Tente pensar fora da caixa ao planejar sua estratégia de lançamento. Qualquer coisa que você possa fazer para que você se destaque da concorrência é uma coisa boa.

CONDUÇÃO DE TRÁFEGO PARA SUA NOVA LOJA ONLINE

Mesmo a loja on-line mais bonita não é de muita utilidade se seus clientes não souberem onde você o encontra. Para ter sucesso, você deve direcionar o máximo de tráfego possível para sua loja.

Chegando a blogueiros e imprensa

Quem são os principais influenciadores em sua área de nicho? BuzzSumo é uma ferramenta fantástica para ajudar você a identificar os blogueiros mais comentados em uma palavra-chave ou frase. Basta digitar o tópico e ver o que aparece. Os blogueiros mais influentes são aqueles com quem você deseja se conectar.

Escreva-lhes uma linha e pergunte se eles estariam interessados ​​em uma entrevista, artigo ou compartilhando mensagens de agradecimento uns aos outros..

Publicando sua loja no Reddit

O Reddit é uma plataforma que as pessoas usam para encontrar conteúdo que lhes interessa. Um dos orientações o site oferece não é apenas autopromoção flagrante. É aqui que um blog relacionado à sua loja pode ser útil. Escreva apenas um tópico relacionado à sua loja on-line, vinculando-o a um ou dois produtos que façam sentido no escopo do artigo e depois publique as informações úteis do artigo no Reddit para promover o conteúdo e, esperamos, por sua vez, conduzir algum tráfego para sua loja online.

Criando um quadro no Pinterest

Dois terços dos que se inscrevem no Pinterest são mulheres. Se o seu público-alvo alvo for mulheres ou até parcialmente mulheres, é inteligente criar um quadro no Pinterest. No entanto, você também precisa entender a dinâmica do Pinterest para entender realmente como comercializar lá.

Para a maioria das pessoas, quem visita o Pinterest é um grupo astuto. Se você deseja contatá-los e incentivá-los a compartilhar seus pinos, retorne ao seu conteúdo em seu site. Vendendo panelas? Ofereça uma receita. Roupas? Crie um alfinete que mostre a roupa perfeita para uma noite na cidade.

Aproveitando os mecanismos de comparação de compras

Os mecanismos de comparação de compras (CSEs) tornaram-se cada vez mais populares entre os consumidores que os utilizam para encontrar o melhor preço para um item específico. Eles também são uma maneira de obter mais vendas para sua loja online.

Basicamente, você se inscreve e paga por clique quando alguém chega à sua loja através do CSE. No entanto, essa é uma publicidade extremamente direcionada. A pessoa que clica no link já pesquisou o produto que está vendendo e está procurando um local com um bom preço, onde possa comprá-lo. As taxas de conversação provavelmente serão muito mais altas do que o tráfego geral dos mecanismos de pesquisa.

Iniciando um Blog

Como mencionado anteriormente, um blog pode ajudar a fornecer conteúdo que você pode compartilhar em sites como Reddit, StumbleUpon e até outros blogueiros terão links. Você também pode usar artigos em seu blog para agregar valor a seus clientes regulares, enquanto os educa sobre uma ampla variedade de tópicos relacionados a seus produtos e nichos de mercado..

Idealmente, o blog deve fazer parte do seu site, para que, quando as pessoas leem um artigo, já estejam no seu site e possam clicar com facilidade para ir às compras ou comprar itens específicos.

Alcançando usuários avançados do Instagram

Em setembro de 2015, o Instagram tinha cerca de 400 milhões de usuários mensais ativos. Desses usuários, alguns são conhecidos como “usuários avançados”. Esses são os usuários que têm muitos seguidores e publicam fotos regularmente. A chave para se conectar com um usuário avançado é postar uma foto relacionada a eles de alguma forma e mencioná-los nos comentários. Embora essa técnica nem sempre encontre sucesso, vale a pena investir tempo. Se apenas um usuário avançado mencionar sua loja, ele poderá aumentar sua exposição.

Como a maioria das redes de mídia social, a chave é adicionar algo valioso e que irá atrair o interesse dos seguidores do usuário avançado.

Tweetar no Twitter

tem mais de 1,3 bilhão de usuários registrados no Twitter. Pelo menos uma parte desses usuários estará interessada no que você tem a oferecer. Quando se trata de marketing no Twitter, você receberá de volta o que colocou nele. Se você deseja que as pessoas o sigam, retweetem e compartilhem seu conteúdo, será necessário retribuir o favor. Além disso, certifique-se de twittar coisas que valem a pena compartilhar e que você não se autopromova o tempo todo.

Envolver seguidores do Facebook

O Facebook tem cerca de 1 bilhão de usuários ativos diariamente. Uma das coisas únicas do Facebook é que você pode criar uma página separada para a sua empresa sem precisar criar uma conta separada. O Facebook também oferece publicidade altamente segmentada, na qual você pode especificar tudo, desde os tipos de interesses que aqueles que veem seu anúncio devem ter até uma faixa etária.

Como compartilhar amigos e familiares

Se você ainda não percebeu, já tem uma equipe de marketing muito forte no seu círculo interno. Sua família e amigos provavelmente querem que você tenha sucesso com sua loja online. Não hesite em pedir que compartilhem informações sobre sua loja com aqueles que eles conhecem.

FINALMENTE LANÇANDO SUA LOJA ONLINE

Você passou meses se preparando para o lançamento de sua loja on-line, promovendo-a para todos que você conhece e dando boca a boca. Quando a data de lançamento chegar, você ainda precisará trabalhar em algumas tarefas adicionais para manter a loja funcionando sem problemas..

Gerenciando inventário

Uma das principais vantagens de uma loja online é que o rastreamento de inventário é automatizado. À primeira vista, é possível ver quais itens têm estoque pequeno e o que você tem demais. No entanto, também é importante entender quanto tempo leva para obter um determinado item dos fornecedores. Por exemplo, se você solicitar alguns itens do exterior, poderá levar muitas semanas para recebê-los.

Com o tempo, você poderá ver alguns padrões de vendas e saber que, quando chegar a um determinado número de produto, precisará fazer um novo pedido.

Se você estiver usando empresas que entregam suas mercadorias, precisará se coordenar com os sistemas delas para garantir que não esteja vendendo itens que foram descontinuados ou que estão sem estoque. A pior maneira de começar sua reputação como proprietário de uma loja on-line é fazendo com que os clientes esperem seus pedidos.

Manuseio de cumprimento e remessa

Além do sistema online funcionar sem problemas, você deve ter certeza de que possui processos em andamento para atender rapidamente aos pedidos e enviá-los.

  • Se você transportar itens armazenados em um armazém (ou apenas um quarto de reposição em sua casa por enquanto), convém ter certeza de criar um sistema de catalogação que permita encontrar esse item facilmente. Pense em como os livros estão organizados em uma biblioteca e veja que tipo de sistema de números ou letras você pode criar e que funcionará para os produtos que você oferece. Certifique-se de incluir esse número no sistema do carrinho de compras, bem como para um local seguro.
  • Até agora, você provavelmente já decidiu quais serviços de remessa usará para sua loja online. Além disso, lembre-se de que você precisa ter suprimentos em mãos, como caixas, pacotes, fita adesiva e plástico bolha.
  • Sempre verifique se o pedido foi corretamente preenchido e se está tudo na remessa que foi solicitada.
  • Você deseja incluir uma fatura em todos os pedidos para que o cliente possa ver rapidamente que todos os itens foram enviados.

Lidar com problemas do cliente

A publicidade boca a boca é uma força poderosa. As pessoas espalharão o bem e o mal sobre você. Um cliente insatisfeito pode contar a dez outros, ou, no caso das mídias sociais, milhares de outros. Quando um cliente está insatisfeito:

  • Responda imediatamente ao receber uma reclamação.
  • Retifique o problema. Substitua itens danificados ou que não funcionem, forneça postagem de devolução ou ofereça uma troca.
  • Lembre-se da missão do seu site. Sua missão é apenas ganhar dinheiro? Embora o dinheiro seja importante, você provavelmente deseja entrar no seu próprio negócio por vários outros motivos. Como o seu atendimento ao cliente atinge seus objetivos?

Se você puder resolver um problema, poderá ganhar um cliente fiel por toda a vida.

Manuseio de trocas e devoluções de produtos

Se um item chegar ao cliente danificado durante o processo de dropshipping, você precisará registrar uma reclamação em seu nome junto ao atacadista que prestou o serviço de envio direto. Ou, se o item simplesmente não funcionar ou apresentar algum defeito, o fabricante deverá substituí-lo gratuitamente. Isso significa que a postagem de devolução do produto danificado é atendida e não custa nada ao cliente.

Por outro lado, se o item foi danificado no transporte, qualquer seguro que você tivesse sobre o item deve cobrir seus custos de substituição desse item. É necessário registrar uma reclamação, é claro, para receber reembolso e pode haver um atraso antes de você receber o pagamento. No entanto, você não deve esperar o cliente antes de substituir o item.

Otimizando a eStore para aumentar as conversões

Depois de lançar sua loja, você poderá ver claramente alguns padrões. Você deseja realizar alguns testes de divisão A / B para ver se determinadas páginas de destino direcionam o tráfego com mais eficiência através do carrinho de compras e até uma venda concluída.

Você pode testar qualquer coisa imaginável rastreando análises e realizando testes A / B. Teste botões de cores diferentes, frete grátis ou frete reduzido e até descrições diferentes ou outros recursos.

Outras ações que você pode fazer para otimizar sua eStore são:

  • Olhando para o seu site como um cliente. O que chama sua atenção? O que é complicado ou confuso?
  • Verifique se os preços estão claramente marcados.
  • Adicione comentários e depoimentos para criar um senso de confiança.
  • Aproveite ofertas especiais para segmentos de usuários registrados

Ao usar o Google Analytics e as estatísticas do seu site, você pode aprender muito sobre o que não está funcionando para converter visitantes em clientes e fazer alterações de acordo..

MERCADO PÓS-LANÇAMENTO NO LOCAL

Depois de iniciar sua loja on-line, você precisará continuar seus esforços de marketing regularmente ou correrá o risco de perder força lentamente. Algumas das coisas que você deseja fazer regularmente incluem:

Alocando um orçamento de marketing

Se você teve investidores, fez um empréstimo ou usou economias, seu orçamento inicial de marketing de lançamento se esgotará rapidamente. É importante alocar uma porcentagem de seus lucros para o marketing, se você quiser continuar alcançando novos clientes.

Uma boa regra é gastar até 20% dos seus lucros em publicidade.

Você também precisa decidir quais são seus objetivos. Por exemplo, seu foco está na geração de leads ou no aumento de vendas para clientes atuais? Em seguida, observe quais canais de publicidade foram mais eficazes para atingir essas metas e alocar mais recursos para esses locais do que outros.

Iniciando uma campanha publicitária

Como na maioria das partes da administração de uma loja on-line, seu primeiro passo é descobrir qual é seu objetivo para a campanha publicitária. O que você deseja realizar?

Em seguida, você deve pensar no grupo demográfico desejado que deseja alcançar com a campanha. Isso informará onde você deve lançar a campanha publicitária e quais plataformas de mídia social funcionariam melhor para atingir suas metas.

Por fim, você cria a campanha nas plataformas de sua escolha e deve testar a eficácia do anúncio. Convém fazer ajustes para aproveitar ao máximo seu orçamento de publicidade.

Trabalhando em SEO de comércio eletrônico

Agora que você lançou seu site, seu próximo objetivo deve ter uma classificação mais alta do que qualquer um de seus concorrentes nos mecanismos de pesquisa. A Optify conduziu uma pesquisa que mostrou que o site de classificação número um de uma determinada palavra-chave tinha uma taxa de cliques duas vezes a do segundo lugar.

Você precisará continuar pesquisando palavras-chave e analisando a concorrência, conforme mencionado na parte superior deste guia. Quando você não se classifica como um concorrente, estude a página deles e descubra o porquê. Freqüentemente, é uma questão de quem tem o melhor conteúdo hoje em dia, para que seu blog possa ajudar com isso, além de quão detalhadas são as descrições de seus produtos..

Corrija quaisquer problemas, como erros de digitação ou gramática. Em resumo, torne sua página o melhor possível..

Continue Marketing de mídia social

Com o marketing de mídia social, você desenvolve um relacionamento com seus seguidores. Desenvolver uma voz e um estilo é importante. Você também deseja compartilhar uma porcentagem de coisas apenas por diversão e não com a intenção de fazer uma venda. Os seguidores apreciam um senso de humor ou informações úteis e compartilham isso com outras pessoas.

Configurando o marketing por e-mail

Decida uma programação para o email marketing. Com que frequência você deseja enviar um boletim aos assinantes? E os cupons e ofertas especiais? Como você pode entrar em contato com eles sem parecer que está apenas vendendo para eles?

Considere escrever um ebook ou guia e oferecê-lo em troca da assinatura do seu boletim. Isso pode incentivar os visitantes do site a se inscrever.

Configurando o Programa de Afiliados

Deseja oferecer um programa de afiliados para outras pessoas? Essa pode ser uma excelente maneira de obter um produto exclusivo em vários sites.

  • Verifique se você tem estoque suficiente para atender aos pedidos.
  • Escolha uma estrutura de remuneração que permita obter lucros ainda suficientes para atender aos custos indiretos.

Se você estiver usando um site como o Shopify, poderá integrar facilmente um programa de afiliados. Se você é auto-hospedado, precisa procurar opções que permitam implementar IDs de rastreamento de afiliados para poder creditar adequadamente o afiliado que enviou a referência.

Construindo um programa de fidelidade

Deseja incentivar os clientes a solicitarem uma e outra vez? Implemente um programa de fidelidade que recompensa os clientes por solicitar uma certa quantidade de produto ou um número específico de ocasiões. Você pode recompensá-los com dinheiro para gastar, um desconto ou até pequenos presentes dos quais eles podem escolher. Alguns sites que fazem isso efetivamente incluem Sephora, Kohl’s (Kohl’s Cash) e Old Navy.

Pense em quais recompensas farão com que sua base de clientes-alvo volte sempre e sempre.

Conclusão

A administração de sua própria loja on-line oferece a chance de você ser proprietário de uma empresa sem investir tanto dinheiro antecipadamente quanto seria necessário em uma loja física. Se você planeja adequadamente e se mantém atualizado sobre as tendências e o marketing, poderá criar um negócio de comércio eletrônico muito bem-sucedido.

Jeffrey Wilson Administrator
Sorry! The Author has not filled his profile.
follow me
    Like this post? Please share to your friends:
    Adblock
    detector
    map